6 de julho de 2014

Notas sobre uma escolha


Ontem eu assisti 2 documentários que realmente me abalaram. O primeiro era sobre o desaparecimento das abelhas e o segundo sobre como uma boa alimentação pode fazer a diferença em nossa vida. Eu já iniciei um pouco desse debate acerca do quanto temos maltratado a natureza aqui, mas confesso que toda vez que paro para pensar sobre isso meu coração aperta. Já pensaram que daqui a 100 anos podemos não ter mais morangos e frutas? Como seria nossa vida sem a natureza que conhecemos hoje?

Sei que alguns cientistas vão dizer que isso é alarmismo. Mas honestamente, será que faz algum sentido que tudo que temos feito não retornará a nós algum dia? Jogamos veneno na nossa comida, esgoto na nossa água, produtos tóxicos em nossos solos, lixo em nossas ilhas... Quer dizer, não precisa ser gênio para observar que algo está errado. Eu me sinto mal, as pessoas se sentem mal. 90% das pessoas que eu conheço tomam ou já tomaram algum remédio para ansiedade, antidepressivo, alguma droga para se anestesiar do mundo, ou se sentir melhor. Estamos doentes. As pesquisas mostram isso. Já fazem 3 dias que eu não tenho vontade de levantar da cama. Simplesmente não tenho energia, é como se eu não conseguisse ficar feliz, não porque estou triste, mas simplesmente porque me sinto mal. É como se estivesse morrendo. 

Sei que muita gente já se sentiu assim. sei que todo mundo um dia vai se sentir extremamente mal, porque o que comemos e o que fazemos com a nossa vida e nosso corpo está destruindo a nós e a natureza ao nosso redor. Se falarmos de história, é impressionante pensarmos que em menos de 100 anos, desenvolvemos os agrotóxicos, a mutação genética dos alimentos, produzimos cerca de 10x todo o lixo produzido pela humanidade em centenas de anos. Ou seja, está muito rápido. A destruição que o desenvolvimento das forças produtivas tem causado, nós não conseguiremos reverter de forma tão simples. E a cada dia que passamos dessa forma, as coisas ficam piores. O impacto que causamos no mundo é tão grande, que minha irmã que estuda geologia, me contou que pesquisadores já afirmam que estamos em uma nova era geológica. E era do homem modificando a natureza.

Se eu for listar os problemas ambientais que temos causado, não vai caber. O cenário parece desesperador, e a gente, não sabe como agir. Dizer que precisamos comprar apenas coisas orgânicas parece não ser uma boa opção, porque as vezes mal dá para comer o que vende no supermercado. Tudo é tão caro, tão difícil, tão inacessível. Que chega uma hora que precisamos fazer uma escolha. Reverter valores, pensar o que realmente é importante.

Uma coisa que o documentário foodmatters me fez pensar é que realmente, nós invertemos nossas prioridades. Não temos nenhum problema em pagar r$40,00 em uma base para o rosto, mas se tivermos que pagar o mesmo valor em comida orgânica, achamos caro. E de fato, é caro. Poderia ser mais acessível, se fosse uma prioridade da sociedade. O problema é que não é, e a partir disso o que escolhemos? a base de r$40,00, ou uma alimentação mais saudável que vai fazer uma diferença enorme em nossa vida? E deixar a nossa pele ainda mais bonita naturalmente? Honestamente, eu escolheria a base e sei que a maior parte das pessoas que está lendo isso aqui, também.

Por isso é tão necessário fazer escolhas. Algumas mais radicas, outras nem tanto. Cada um pode trilhar o caminho que achar possível para si. Eu tenho refletido muito acerca de como tenho vivido mal. Como disse acima, isso se reflete no meu estado de espirito. Depressão, dores, falta de energia... Consequências de escolhas não muito inteligentes e que precisam ser mudadas. Sei que não dá pra mudar do dia para noite, mas já começamos. Estamos organizando uma horta aqui em casa e em breve vou contar tudo para vocês. Quando era pequena, minha avó criava galinhas, tinha pé de cana, mexerica, todo tipo de tempero, ervas e várias frutas que consumíamos direto do pé. Sei que é possível, e não é tão difícil quanto a gente pensa. E o que não der para plantar, dá para buscar outras alternativas. Ir a feiras orgânicas, começar a pensar em formas de fazer essas escolhas mais inteligentes. A terra agradece e nosso corpo também.

Sei que isso não resolve o problema da humanidade. Mas pelo menos é uma escolha. Acho que precisamos começar a fazer escolhas. Por isso fica a reflexão. 

Gostaria de finalizar indicando o blog Notas sobre uma escolha, que de certa forma, me inspira muito nesse sentido. e inspirou o título do post.

13 comentários

  1. Eu gostei da sua reflexão e você ta 100% certa, a realidade é outra e as pessoas parecem que gostam dessa cegueira, sabe? Onde você assistiu esse documentário? Um beijo, Na Mesma Frequência

    ResponderExcluir
  2. Jess, essas questões também são pertinentes na minha cabeça. Se continuarmos assim, aqueles filmes futuristas onde tudo é cinza, frio e arruinado, será realidade :(
    Nem vou ver esses documentários para não me deprimir mais, rsrs
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade! a gente não está tão longe disso.

      Excluir
  3. A gente é feito pra acabar Ah Ah... como já diria aquela musica. Não sei se os meus netos se deliciarão com morangos daqui a mil anos ou se eles verão coisas que a minha imaginação não me permite imaginar... NÃO SEI! mas temos um prazo de validade na terra não quero ultrapassar a minha... e ver as coisas se acabando antes de eu mesma me acabar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também não quero. de verdade.

      Excluir
  4. Vixe, te entendo super, Jess. De uns tempos pra cá eu ando assim num desânimo só. Pareço não ter forças ou empolgação para realizar algumas coisas, sabe?

    E essa questão da comida orgânica é bem verdade, as pessoas deveriam ter em mente que é melhor se preocupar agora com uma alimentação saudável, do que no futuro com remédios. Todos têm direito de terem uma vida saudável e todos deveriam ter fácil acesso a ela, mas não assim q a banda toca, infelizmente =/

    Poxa, quero muito ver essa sua hortinha crescendo! <3 E fiquei sabendo que hoje é seu niver! Parabéns, moça e good vibes pra ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada!!! :D
      vou contando por aqui!

      Excluir
  5. Deixo então a dica do documentário Food Inc, tem ele inteirinho no you tube. Ele mostra como a industria de alimentos, que é umas das mega corporações do mundo realmente dificulta muito que as pessoas possam optar por escolhas saudáveis-
    Concordo com você e também me preocupo muito com o tipo de planeta que estamos vivendo. Isso me assusta, principalmente quando penso que pelo menos uma vez ao ano eu tenho uma "virose" inexplicável que me deixa desse jeito sem forças pra nada. Concordo contigo e também acho que é efeito do que consumimos. Enfim, uma preocupação a mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero muito ver esse!
      pode deixar que vou assistir.

      Excluir
  6. Recentemente descobri que tenho vontade de criar e cuidar de abelhas. Enfim. Sempre ouço essas histórias sobre como (em menos de trinta anos talvez) a alimentação mudou radicalmente. Sou otimista de certa maneira, há um crescimento do mercado orgânico. Quando me tornei vegetariana algumas pessoas não sabiam o que era isso, hoje é mais aceitável. Fazer escolhas é absolutamente importante, de alguma maneira o pensamento de não poder mudar é tóxico também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim eu concordo. O mercado de orgânicos e vegan cresceu muito. mas ainda é tão pouco e em contrapartida, o barco desanda tanto para o outro lado que eu pergunto se dá tempo de salvar as coisas sabe?

      Excluir
  7. Gostei Tess Sua opinião é inteligente e sua preocupação justa, sabe tenho uma filhinha e várias vezes me pego pensando como será quando ela tiver 18, ou minha idade por que parece que tudo está desmoronando neste século, Está rápido demais, nossa por isso além de fazer minha parte e ensinar para ela, tenho A fé pois isso me ajuda muito. Paz para vc.

    ResponderExcluir

♥♥♥♥ATENÇÃO ♥♥♥♥

Caso queira receber sua resposta por e-mail, selecione a opção "notifique-me" no canto inferior direito do campo de comentários ;)

Latest Instagrams

© Criativo Caos. Design by FCD.