18 de setembro de 2014

Fazendo meu próprio cereal matinal


Já faz algum tempo que sentia a necessidade de produzir um cereal um pouco diversificado das opções que encontramos nas prateleiras de supermercado. Primeiro porque a maioria tem mais açúcar que tudo (e começar o dia se entupindo de açúcar é péssimo), segundo porque cereal é uma coisa muito prática para se ter em casa nos dias de correria e eu queria dar uma turbinada de nutrientes com o objetivo de me sentir melhor ao longo do dia. Por isso dei uma pesquisada e acabei colocando em prática algumas ideias para fazer meu próprio cereal. Na verdade não é fazendo tudo (usei flocos de milho já prontos), mas ao menos a composição dele.

Confesso que o investimento inicial foi alto. Ao todo gastei quase R$40,00 para produzir 1 pote e meio (desse da foto). Porém como o cereal ficou bastante nutritivo, uma pequena porção por dia me fez me sentir muito melhor. Utilizei basicamente oleaginosas (nozes, castanha do pará, castanha de caju e amêndoas), frutas secas (damasco e uva passa) e flocos de milho. Os flocos de milho queria ter comprado em uma loja de produtos naturais para garantir menor interferência industrial no processo, porém dessa vez não foi possível então comprei em supermercado mesmo, uma opção sem açúcar e com o menor número de aditivos possíveis. 



Ao chegar em casa piquei as frutas e misturei aos flocos de milho em uma tigela grande. Em seguida armazenei em um pote de vidro (conserva melhor!) para ir consumindo ao longo dos dias. O resultado tem sido evidente, me sinto muito melhor e mais disposta. As frutas secas fazem muito bem pois são ricas em fibras e as oleaginosas não ficam atrás, são ricas em nutrientes dos mais diversos que dão energia e previnem doenças (quando consumidos com moderação!). Uma vez vi um documentário que mostrava o tratamento de um paciente com depressão apenas consumindo uma determinada quantidade de oleaginosas por dia. O paciente apresentou grande melhora da disposição e energia para lidar com os problemas que o levaram a tal situação. Claro que qualquer tipo de tratamento como esse deve ser feito sob a supervisão de um nutricionista, mas acho um bom hábito a se adotar, desde que feito da forma correta (sempre em pequenas quantidades). 

Estou adorando a experiência e com muitas ideias novas para compor novas combinações de cereais. Pois além de ser muito nutritivo e prático, é delicioso e dá para consumir com leite, iogurte ou mesmo puro. Fica a dica para quem deseja uma opção mais saudável para começar o dia sem perder a praticidade que tanto precisamos na correria do cotidiano :)

6 comentários

  1. Que legal, Jess! Sabe que mesmo tendo a loja de naturais aqui pertinho eu nunca fiz o meu próprio cereal! E é tão fácil... Eu costumo comprar oleaginosas para comer mesmo ou preparar em cookies, mingau, bolos... Agora já vou entrar na lojinhas com outra vontade e montar meu cereal.

    ResponderExcluir
  2. Preciso começar a comer coisas mais saudáveis de manhã. Gostei da ideia.

    Beijos, bloguntilwedie.com.br

    ResponderExcluir
  3. Jess não sou muito fã de oleaginosas e frutas secas, maaaas cereal eu adoro, acho também bem salgadinho os valores deste tipo de produtos que quase nunca entram em oferta.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Risos, a maioria que eu conheço odeia também.
      Mas eu amo e é realmente uma pena que seja tão caro né?

      Excluir
  4. Achei super legal a sua ideia! Esses cereais que vendem nos supermercados realmente não são legais. Vou procurar os ingredientes na minha cidade e tentar fazer também! :)

    ResponderExcluir

♥♥♥♥ATENÇÃO ♥♥♥♥

Caso queira receber sua resposta por e-mail, selecione a opção "notifique-me" no canto inferior direito do campo de comentários ;)

Latest Instagrams

© Criativo Caos. Design by FCD.